#ESCOLASERVICOESSENCIAL

A Educação deve ser considerada ATIVIDADE ESSENCIAL!

Diante da grave situação de crianças e jovens que se encontram longe das escolas, no Amazonas e em outros estados do Brasil, convidamos a sociedade para refletir acerca da função da escola e as consequências do distanciamento dos alunos desse ambiente de acolhimento e socialização essencial para formação de seres humanos integrais.

No início do ano de 2020, o mundo foi surpreendido pela pandemia da COVID-19. Para contenção da propagação do vírus, medidas rígidas foram adotadas. Dentre estas medidas, estava a suspensão das aulas e fechamento das escolas, mediante as incertezas da medicina quanto ao nível de contágio e gravidade do vírus em crianças. Quase um ano depois do início da pandemia, a ciência avançou muito nas pesquisas sobre a COVID-19 e, atualmente, artigos científicos trazem diagnósticos precisos sobre a situação das crianças diante do vírus. O consenso atual é que são raros os casos de infecções graves da COVID-19 em crianças e que elas são as que menos transmitem o vírus.

Estudos publicados pela OMS (Organização Mundial de Saúde), UNICEF (Fundo das Nações Unidas pela Infância) e UNESCO (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura), destacam que o fechamento das escolas pouco contribui para a disseminação do vírus, mas causará danos irreversíveis a longo prazo para esta geração. O distanciamento dos alunos do ambiente escolar tem impactado negativamente a saúde mental e física de crianças de diferentes faixas etárias, mas principalmente aquelas que frequentam o Ensino Infantil (creche e pré-escola), em situação de vulnerabilidade.

Diante de tais evidências científicas e o apelo de instituições internacionais de renome, a discussão acerca da abertura das escolas mesmo durante a pandemia, se faz urgente. Trata-se de uma questão de redefinirmos as prioridades: É hora de toda sociedade entender a educação escolar como serviço essencial.

A educação é fundamental para possibilitar o desenvolvimento sadio de crianças e jovens. É por meio do acesso à Educação que formamos uma geração de adultos conscientes, cidadãos e seres humanos íntegros.

A escola é o principal espaço de cuidado para a maioria de crianças e jovens do nosso país.

O objetivo do nosso movimento é promover uma reflexão acerca da retomada gradual das atividades escolares de forma presencial, mediante a adoção dos protocolos rígidos de higiene e distanciamento. Nesse sentido, o professor deve ser compreendido também como grupo prioritário para imunização.

Educação é serviço essencial! E lugar de criança é na escola.

Veja outras notícias

Iniciar Atendimento
Precisa de Ajuda?
Olá 👋
Podemos te ajudar?